lea seydoux, lea seydoux azul é a cor mais quente

Léa Seydoux: 6 interpretações da atriz

Paciência é mesmo um dos principais ingredientes para o sucesso. E isso a francesa Léa Seydoux tem de sobra. A atriz iniciou a carreira com aparições em filmes pequenos, até ganhar o papel-título de A Bela Junie, em 2008.

Daí em diante, tudo começou a fluir: trabalhou com Quentin Tarantino, Ridley Scott, Woody Allen e caiu na graça do público. Principalmente, depois de estrelar o romance de sucesso Azul é a Cor Mais Quente.

É importante lembrar que Léa não é apenas paciente. Muito pelo contrário. Dona de uma beleza singular, a atriz nasceu mesmo para ser uma estrela: tem talento, graça e uma personalidade encantadora.

Antes de correr para o cinema e conferir Léa ao lado de Daniel Craig, em 007 Contra Spectre, veja nossa lista que reúne seis atuações marcantes da atriz em filmes franceses.

Clique e conheça mais sobre cada uma das atuações de Léa Seydoux:

léa seydoux, louis garrel, a bela junie filme, la belle persone

La belle personne – Depois da morte da mãe, a jovem Junie (Léa Seydoux) muda de escola. Lá, todos os garotos a desejam, mas ela só quer descobrir por que um em particular é tão introspectivo. Repleto de melancolia e solidão, A Bela Junie é uma visão do que é crescer em um mundo cercado de escolhas. No romance, toda a atenção volta para Léa – e com razão.

ASSISTA AO TRAILER

les adieux à la reine, adeus minha rainha filme, léa seydoux, diane kruger, maria antonieta

Les adieux à la reine – Agathe (Léa Seydoux) gostava de ler para Maria Antonieta (Diane Kruger). Não apenas ler: ela se importava com sua rainha e tomava para si todas as dores sentidas pela austríaca. Adeus, Minha Rainha pode não ser recheado de fatos históricos, mas tem um charme que torna o resultado leve e até mesmo curioso.

ASSISTA AO TRAILER

léa seydoux, tahar rahim, filmes léa seydoux, grand central filme

Grand Central  – Gary (Tahar Rahim) não tem muitas habilidades. Como precisa de dinheiro, aceita trabalhar em uma usina nuclear – onde todos são expostos à radioatividade causada pelos produtos manuseados. Grand Central mostra uma rotina destruída de maneira quase inconsciente. No filme, Léa Seydoux dá vida a uma garota que tem dúvidas a respeito de seu futuro.

ASSISTA AO TRAILER

a bela e a fera filme frances, a bela e a fera filme, filmes franceses, léa seydoux, vincent cassell

La belle et la bete – Não se engane, esta versão francesa de A Bela e a Fera não é similar ao clássico dos estúdios Disney. Aqui, Bela tem cinco irmãos – quase todos de caráter duvidoso. Quando seu pai perde a fortuna, acaba, por acidente, roubando uma flor de uma árvore mágica. É punido por uma criatura que exige uma vida em troca da rosa. Bela, uma garota simples e de coração no lugar certo, oferece-se para passar a eternidade trancafiada no castelo. O filme do diretor Christophe Gans (de O Pacto dos Lobos) é, acima de tudo, diferente. Ao lado de Vincent Cassel, Léa Seydoux conquista pela interpretação dedicada.

ASSISTA AO TRAILER

Adèle Exarchopoulos, Léa Seydoux, filmes Léa Seydoux, filmes franceses, filmes gls, filmes franceses para assistir, azul é a cor mais quente filme, cinema francês

La vie d’Adèle – O grande acerto de Léa Seydoux, Azul É a Cor Mais Quente foi de crucial importância para a ascensão da atriz. O filme é um olhar sobre as descobertas da juventude – que firma um romance marcado pela cor dos cabelos de uma das protagonistas. O sucesso da obra ajudou Léa a ganhar ainda mais notoriedade e expandir sua carreira.

ASSISTA AO TRAILER

léa seydoux, léa seydoux diário de uma camareira, léa seydoux azul é a cor mais quente, léa seydoux filmes, vincent lindon, vincent lindon filmes, diário de uma camareira filme, onde assistir diário de uma camareira, filmes franceses, filmes franceses para assistir, filmes franceses legendados, cinema francês

Journal d’une femme de chambre – Célestine, uma bela e jovem camareira, decidi sair do interior para trabalhar na casa dos Lanlaire – um casal problemático. Diário de uma Camareira, adaptação do romance homônimo, traz Léa Seydoux no papel de uma protagonista que, por azar, precisa se adaptar a tempestades. Leia a crítica completa do filme.

ASSISTA AO TRAILER

FacebookTwitterGooglePinterest


Comentários



Angelo Capontes Jr. escreve críticas cinematográficas há cinco anos. Formado em Jornalismo, começou a carreira em jornais impressos e sites de entretenimento. Atualmente, é editor e crítico de cinema do filmesfranceses.com.br.